SIC Radical

Perfil

Cego, Surdo e Mudo

Estreia 31 de dezembro

Depois de Aristocratas, Ruído Negro, Overdose e Anjos Negros, Rui Cruz estreia-se a solo naquele que, nas suas palavras, é o melhor espectáculo que já fez. A solo.
Numa sociedade cada vez mais orwelliana, cega pelas luzes dos reality shows, ensurdecida pelo ruído da kizomba disparada por iphones e muda sempre que o chat do facebook vai abaixo, “Cego, Surdo e Mudo” é a wake up call que o mundo precisa. É stand-up comedy, é contracultura, é uma missa de sétimo dia à sociedade actual, mas, acima de tudo, é Rui Cruz com o dedo no gatilho a disparar em tudo o que mexe e em tudo o que lhe mexe com os nervos, sempre com o seu sentido de humor corrosivo, negro, retorcido e acutilante.

nas redes

pesquisar