SIC Radical

Perfil

"Isto Era Para Ser Com o Sassetti" por Rui Sinel de Cordes

Dia 31 de dezembro à 0h45

Depois de "Black Label" e "Punchliner", Rui Sinel de Cordes traz-nos o seu terceiro solo de "stand-up comedy".

Este é, no entanto, um espectáculo diferente, já que o humorista não vai estar sozinho em palco e na maior parte do tempo irá estar sentado. Sendo assim, podemos chamar a isto um solo de "stand-up comedy"? – pergunta uma gorda irritante, passe a redundância.
O autor diz que sim, que pode chamar-se o que ele quiser, não porque faça sentido, mas porque uma pessoa que tem uma foto de perfil no Facebook tirada no topo do letreiro do Hotel Ritz está acima de pormenores como esse.

"Isto Era Para Ser Com o Sassetti" resulta do desejo de Rui Sinel de Cordes de juntar "one-liners", poesia e estupidez a um génio da composição musical. Na dramática ausência deste último, o seu lugar vai ser ocupado pelo humorista Paulo Almeida, munido de um órgão Casio, uma flauta e um berbequim.
No fundo, gastaram-se três parágrafos para caracterizar um espectáculo que se define numa curta frase: piadas, música e mau gosto.

Estreia dia 31 de dezembro à 0h45.

nas redes

pesquisar